O Antônio Villas Boas - Resumo do Caso

O primeiro caso de abdução registrado pela Ufologia ocorreu na zona rural de São Francisco de Sales, Minas Gerais, em 15 de outubro de 1957.

Página Principal do Caso


Página 1 - Resumo do Caso


Página 2 - A Divulgação do Caso


Equipe CIPEX 

Sumário:


 

 


Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Introdução

Este caso, ocorrido na zona rural de São Francisco de Sales (MG), teve como protagonista Antônio Villas Boas, na ocasião com 23 anos de idade, branco, filho do proprietário da fazenda, que estava arando o campo à noite, com o auxílio de um trator. Por volta da 1 hora da madrugada de 15 de outubro de 1957, Villas Boas observou uma estrela vermelha que aparentemente se aproximava de onde se encontrava. Em pouco tempo, ele percebeu que não se tratava de uma estrela e sim de um aparelho de grandes dimensões fortemente iluminado que pairou sobre o trator a mais ou menos 50 metros de altura, para logo em seguida pousar nas proximidades.

O aparelho tinha formado oval, alongado, com aproximadamente 20 metros de comprimento por 4 de altura e apoiou-se sobre três hastes metálicas. Na parte da frente havia três hastes de aparência metálica, solidamente encravadas na estrutura, sendo uma no bico afunilado da nave e uma de cada lado, como se fossem três esporões, bem grossos na base afinando nas pontas. Destas extremidades saíam uma ligeira fosforescência avermelhada, como se as pontas estivessem em brasa. Ao longo do objeto haviam inúmeras lâmpadas embutidas na fuselagem do aparelho, havendo uma única janela. Na parte superior havia uma cúpula giratória, de uns 10 metros de diâmetro, em constante movimento de rotação, e emitindo uma luz forte e avermelhada.

Pouco depois do pouso, saíram do objeto vários seres, vestindo escafandros, que dominaram Antônio e o levaram a força para dentro do veículo, onde foi despido, teve seu sangue extraído e em seguida foi obrigado a manter relações sexuais com uma fêmea humanóide. Após tudo isto, Antônio recebeu suas roupas de volta e foi levado de volta para a escadinha pela qual entrou.

Ao decolar, o objeto levantou um pouco do solo e recolheu o trem de pouso, elevou-se uns 50 metros, onde parou. Sua luminosidade aumentou e mudou para vermelho vivo. Após isto emitiu um zumbido e partiu em altíssima velocidade, em direção ao sul.

O caso foi pesquisado por dois médicos e ufólogos cariocas, Olavo Fontes e Walter Buller, que através de exames em Antônio Villas Boas diagnosticaram exposição à radiação, que gerou insônia, cansaço, dores pelo corpo, náuseas, dores de cabeça, perda de apetite, ardência nos olhos, lacrimejamento permanente e lesões cutâneas provocadas por contusões até as mais leves. Também surgiram manchas amareladas pelo corpo, que levavam de 10 a 20 dias para desaparecer. As lesões continuaram a aparecer durante meses, tendo o aspecto de pequenos nódulos avermelhados, mais duros do que a pele em volta. Destes nódulos saíam pus amarelado.


Representação do momento em que Antônio Villas Boas é capturado pelos tripulantes do disco voador

Município de São Francisco de Sales, indicado em vermelho no mapa do Estado de Minas Gerais

 
Resumo do Caso
Um resumo dos fatos ocorridos na noite de 15 de outubro de 1957, em que Antônio Villas Boas foi abduzido.

A Divulgação do Caso
Saiba como o caso Villas Boas chegou ao conhecimento dos ufólogos e como foi divulgado..

A Pesquisa de Olavo Fontes
Relatório de Investigação do ufólogo Olavo Fontes.

A Pesquisa da SBEDV
Relatório de Investigação da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores.

Exame Clínico de Antônio Villas Boas
Laudo do exame em Antônio Villas Boas, realizado por Olavo Fontes.

Relato Pessoal de um Abduzido
Depoimento pessoal de Antônio Villas Boas.

Pesquisas Posteriores
Pesquisa realizada por Claudio Suenaga e Pablo Villarubia para a Revista UFO.

Galeria do Caso
Fotografias, imagens e desenhos referentes ao caso.



Comentários (6)

Você está revendo: Caso Antônio Villas Boas
Sort
5/5 (6)
FacebookGoogle+Twitter
Gravatar
Full StarFull StarFull StarEmpty StarEmpty Star
Haroldo (São Paulo, Brazil) diz...
Para mim esse caso é fraudulento. Um dos jornalistas envolvidos no caso é o conhecido João Martins, da revista O Cruzeiro, o qual participou da comprovada fraude do Disco voador da Barra da Tijuca em 1952. Alem disso o caso seria degradante para a pobre da ET, tida como criatura superior.
5 July 2016 06.01
Página 2 de 2

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 



Referências:

- Livros
  • BULHER, Walter e PEREIRA, Guilherme. O Livro Branco dos Discos Voadores. Petrópolis: Ed. Vozes, 1983.
  • DURRANT, Henry. Primeiras investigações sobre os humanóides extraterrestres. Tradução de Luzia D. Mendonça. São Paulo: Ed. Hemus,1980.
  • KEYHOE, Donald. A verdade sobre os discos voadores. Tradução de Lauro Blandy. São Paulo: Global Editora, 1973.
  • MISTÉRIOS DO DESCONHECIDO. Contactos Alienígenas. Rio de janeiro: Time-Life Livros,1993.
  • MISTÉRIOS DO DESCONHECIDO. O Fenômeno OVNI. Rio de janeiro: Time-Life Livros,1993.
  • HOPKINS, Budd. Intrusos - Um estudo sobre o rapto de pessoas por alienígenas. Tradução de Reinaldo Guarani. Rio de Janeiro, 1995.

 


- Boletins
  • B23 Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 26-27
  • B46 Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 90-93
  • B63 - Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 1975
  • B64 - PEREIRA, Jader. Tipologia dos humanóides extraterrestres. Coleção Biblioteca UFO, nº 1, Março 1991.

 


- Artigos de Revistas
  • SBEDV. Contatos com extraterrestres no Brasil. Revista UFO, Campo Grande, nº 6, p.20-2, nov/dez 1988.
  • LAUDA, Jaime. O Caso Villas-Boas revisado. Ufologia Nacional e Internacional, Campo Grande, nº 3, p. 13-15, julho/agosto 1985.
     

 


- Documentos Oficiais

 


- Vídeos e Documentários

 


- Sites e Blogs

- Outros
  •