Ativista de OVNIs divulga relatório militar classificado

Por: Jackson Camargo Comentários: 0

John Greenwald Jr., do site The Black Vault, obteve uma versão classificada do relatório sobre UAPs, enviado pelo Pentágono, que está fortemente censurado. 


Em 2021, autoridades dos Estados Unidos divulgaram um relatório não classificado (não sigiloso) sobre OVNIs ou UAP – Fenômenos Aéreos Não Identificados – ao público. O relatório em si foi decepcionante para aqueles que aguardavam sua chegada, em grande parte porque seu conteúdo não forneceu aos estudiosos e céticos qualquer informação adicional sobre OVNIs além do que já estava amplamente disponível. Não confirmou nem negou se a vida alienígena poderia estar por trás da grande maioria dos avistamentos de UAPs por membros das Forças Armadas dos Estados Unidos.

Agora, em 22 de março, o ativista ufológico John Greenwald, do site The Black Vault, divulgou uma versão classificada do relatório. Embora Greenewald tenha conseguido trazer a público a versão classificada não divulgada ao público, partes dela foram censiradas e essa informação permanece mantida fora dos olhos do público.

Apesar das censuras, o relatório confidencial deixa claro que havia muito mais detalhes disponíveis que não foram incluídos no relatório inicial. Entre as várias seções visíveis no relatório classificado incluem “… um punhado de UAP parecem demonstrar tecnologia avançada” e “UAP provavelmente carece de uma única explicação”.

Parte das censuras parecem incluir vários gráficos e diagramas potencialmente relacionados às formas do UAP monitorados.

O relatório completo de 17 páginas pode ser visto no The Black Vault [Clique aqui para acessar].

Quando o relatório foi oferecido pela primeira vez ao Congresso no ano passado, muitos membros da comunidade de inteligência demonstraram grande interesse nele.

“Ficou cada vez mais claro que fenômenos aéreos não identificados não são uma ocorrência rara e nosso governo precisa de uma maneira unificada de coletar, analisar e contextualizar esses relatórios”, disse o representante Adam Schiff em comunicado. Schiff preside o Comitê Permanente de Inteligência da Câmara.

O presidente do Comitê de Inteligência do Senado, Mark Warner, fez uma declaração semelhante. “A frequência desses incidentes parece estar aumentando. Os Estados Unidos devem ser capazes de entender e mitigar as ameaças aos nossos pilotos, sejam eles de drones ou balões meteorológicos ou capacidades de inteligência do adversário”, acrescentou Warner.

 

Com informações de:


  1. https://comicbook.com/irl/news/ufo-activist-releases-heavily-redacted-classified-military-report/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze + dez =