Caso General Carneiro

Por: Fenomenum Comentários: 0

Várias pessoas no sul do Estado do Paraná avistam um disco voador. Em General Carneiro, o OVNI pousa, assustando os moradores.

Texto original de Carlos Alberto Machado

Em 13 de agosto de 1999, o pecuarista Ernesto Eleotério Maciel (65 anos na época) observou um disco voador pousando em sua propriedade, a Fazenda Tarumã, localidade de Santa Lídia, em General Carneiro. Ernesto, que já foi vereador em sua cidade, acordou com um forte zumbido, acompanhado de um clarão que iluminava o interior da casa. Acreditando que a mesma pegava fogo, ele acorda outros moradores para deixar a casa. Ao sair, todos observam um objeto em forma de disco. Tal fato foi divulgado no jornal O Comércio, de União da Vitória (PR), de 20 de agosto de 1999.

Tal notícia chamou a atenção de outras pessoas que também foram testemunhas do misterioso objeto que contataram o jornal que publicou a seguinte nota:

Outras pessoas também viram o disco voador

Assim que tiveram conhecimento da matéria publicada na edição passada do Jornal O Comércio, relatando o contato que o pecuarista Ernesto Eleotério Maciel disse ter mantido com um óvni em General Carneiro, algumas pessoas procuraram nossa redação dizendo também terem visto o objeto.

Os professores João, Carlos e Maria de Fátima,  que preferiram não revelar seus sobrenomes, há aproximadamente três meses, por volta das 23:30 horas, retornavam de Cruz Machado, onde lecionam, e disseram terem avistado um objeto luminoso que passou em direção a General Carneiro, desaparecendo logo em seguida.

Outro relato, porém este mais recente, veio de Paula Freitas, onde um cidadão que preferiu não publicar seu nome nos informou que há três semanas um objeto luminoso apareceu por três dias consecutivos, por volta das 18:30 horas. “Vinha, descia, fazia movimentos circulares e depois desaparecia” disse o rapaz que pretende esperar que outras pessoas confirmem o contato para então apresentar-se publicamente.

Já para uma moradora do bairro São Pedro, tudo isto refere-se a mais uma mensagem divina. “Nada mais é do que Deus tentando manifestar-se. Caso contrário, por que só nós avistamos tais fenômenos? Não seria correto eles concretizarem tal contato?”.

Contudo, para pesquisadores e ufólogos a nossa reportagem é de profundo interesse. Tanto que por e-mail, muitos estudiosos nos solicitaram maiores informações. O jovem Alexandre Martins, por e-mail, enviou-nos a seguinte mensagem: “Parece ser coincidência, mas em Armazém, a 35 Km de Tubarão, várias pessoas juram ter visto um óvni entre o morro do Cará e a Cidade. A prefeitura tem até um vídeo sobre o objeto e espera especialistas para identificar o caso”.

Referências:


  1. Arquivos CIPEX

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 − 2 =