Os Documentos Oficiais da Operação Prato

Por: Jackson Camargo Comentários: 0

A Operação Prato, organizada pela Força Aérea Brasileira para investigar os casos agressivos envolvendo UFOs ao norte do Pará e Maranhão, gerou farta documentação. 


Artigo anterior sobre o Chupa-Chupa e Operação Prato Próximo artigo sobre o chupa-Chupa e Operação Prato

O Fenômeno Chupa-chupa, no Pará provou pânico na população local e obrigou a Força Aérea Brasileira a enviar uma equipe especial para identificar a natureza do Fenômeno. Esta missão, intitulada Operação Prato, gerou aproximadamente 1000 páginas de documentação oficial, mais de 500 fotografias de discos voadores, desenhos, mapas, cópias de reportagens de jornais da época, e várias horas de filmes 8mm com filmagens de estranhos objetos.

 

  1. Arquivo Cronológico de Entrada [ACE 3370/83] – (Serviço Nacional de Informações – SNI) [82.9 MB – 86 páginas
  2. Operação Prato – 01.01.01 – Relatório de Missão 1 – (FAB – 1º COMAR) [25.9 MB – 40 páginas]
  3. Operação Prato – 01.01.02 – Relatório de Missão 2 – (FAB – 1º COMAR) [15.1 MB – 22 páginas]
  4. Operação Prato – 01.02.00 – Informações Operacionais 1 – (FAB – 1º COMAR) [19.3 MB – 15 páginas]
  5. Operação Prato – 01.03.00 – Ilustrações de Ocorrências – (FAB – 1º COMAR) – [22.5 MB – 52 páginas]
  6. Operação Prato – 02.00.00 – Resumo Cronológico – (FAB – 1º COMAR) – [31.8 MB – 52 Páginas]
  7. Operação Prato – 03.01.01 – Registro de Caso 1 – (FAB – 1º COMAR) – [1.29 MB – 4 páginas]
  8. Operação Prato – 03.01.02 – Registro de Caso 2 – (FAB – 1º COMAR) – [1.20 MB – 3 páginas]
  9. Operação Prato – 03.01.03 – Registro de Caso 3 – (FAB – 1º COMAR) – [3.79 MB – 8 páginas]
  10. Operação Prato – 03.01.04 – Registro de Caso 4 – (FAB – 1º COMAR) – [487 KB – 1 página]
  11. Operação Prato – 03.02.01 – Registro de Caso 5 – (FAB – 1º COMAR) – [743 KB – 2 páginas]
  12. Operação Prato – 03.02.02 – Registro de Caso 6 – (FAB – 1º COMAR) – [399 KB – 1 página]
  13. Operação Prato – 03.02.03 – Registro de Caso 7 – (FAB – 1º COMAR) – [337 KB – 1 página]
  14. Operação Prato – 03.02.04 – Registro de Caso 8 – (FAB – 1º COMAR) – [1.59 MB – 3 páginas]
  15. Operação Prato – 03.02.05 – Registro de Caso 9 – (FAB – 1º COMAR) – [4.00 MB – 9 páginas]
  16. Operação Prato – 03.02.06 – Relatório Adicional 1 – (FAB – 1º COMAR) – [3.02 MB – 6 páginas]
  17. Operação Prato – 03.02.07 – Relatório Adicional 2 – (FAB – 1º COMAR) – [412 KB – 1 página]
  18. Operação Prato – 03.02.08 – Relatório Adicional 3 – (FAB – 1º COMAR) – [463 KB – 1 página]
  19. Operação Prato – 03.02.09 – Relatório Adicional 4 – (FAB – 1º COMAR) – [437 KB – 1 página]
  20. Operação Prato – 04.00.00 – Folha de Ocorrências 1 – (FAB – 1º COMAR) – [2.72 MB – 5 páginas]
  21. Operação Prato – 05.00.00 – Informe Especial 1 – (FAB – 1º COMAR) – [11.2 MB – 15 páginas]
  22. Operação Prato – 06.00.00 – Órgãos de Informação 1 – (FAB – 1º COMAR) – [1.13 MB – 2 páginas]
  23. Operação Prato – 07.01.00 – Disposições Gerais 1 – (FAB – 1º COMAR) – [0.99 MB – 2 páginas]
  24. Operação Prato – 07.02.00 – Relatório Geral 1 – (FAB – 1º COMAR) – [115 MB – 160 páginas]
  25. Fotografias da Operação Prato – [683 Kb – 18 páginas]
  26. Fotografias da Operação Prato [BURN] – [25.7 MB – 86 páginas]

 

Os documentos abaixo foram obtidos ou recuperados pela equipe do site Operação Prato [operacaoprato.com] que tem realizado um importante trabalho de pesquisa sobre a Operação Prato e os fatos ocorridos durante a onda do Fenômeno Chupa-chupa. Se você baixar e usar os documentos abaixo, por fazer dê os créditos ao site Operação Prato.

  1. Relatorio 1- Relatorio de Missao – Parte Informativa -VERSAO INEDITA
  2. Relatorio 2 – Relatorio de Missao – II – Parte Informativa – VERSAO INEDITA
  3. Relatorio 3 – Relatorio de Missao – Umbituba
  4. Relatorio 4 – Relatorio de Missao – II – Parte Operacional – VERSAO INEDITA
  5. Relatorio 5 – Relatorio de Pescadores
  6. Relatorio 6 – Comentarios e Aspecto Psico-Social e Econamico – VERSAO ANTIGA
  7. Relatorio 6 – Comentários e Aspecto Psico-Social e Economico – VERSAO INEDITA
  8. Relatorio 7 – Relatorio de Missao – I – Parte Informativa – VERSAO INEDITA
  9. Relatorio 8 – Relatorio de Missao – II – Parte Informativa – VERSAO INEDITA
  10. Relatorio 9 – Extra 01 – VERSAO ANTIGA
  11. Relatorio 9 – Extra 01 – VERSAO INEDITA
  12. Relatorio 10 – Extra 02 – VERSAO ANTIGA
  13. Relatorio 10 – Extra 02 – VERSAO INEDITA
  14. Relatorio 11 – Extra 03 – VERSAO INEDITA
  15. Relatorio 12 – Extra 04 – VERSAO INEDITA
  16. Relatorio 13 – Extra 05 – VERSAO INEDITA
  17. Relatorio 14 – Extra 06 – VERSAO INEDITA
  18. Relatorio 15 – Relatorio de Missao – Fazenda Jeju
  19. Relatorio 16 – Relatorio do Agente – Fazenda Jeju – VERSAO ANTIGA
  20. Relatorio 16 – Relatorio do Agente – Fazenda Jeju – VERSAO INEDITA
  21. Relatorio 17 – Relatorio de Missao – Partes Operacional e Informativa – Fazenda Jeju – VERSAO INEDITA
  22. Relatorio 18 – Relatorio do Agente – Extra 07 – VERSAO INEDITA
  23. Relatorio 19 – Relatorio do Agente – Extra 08 – VERSAO INEDITA
  24. Relatorio 20 – Relatorio do Agente – Extra – VERSAO INEDITA
  25. Relatorio 21 – Relatorio do Agente – Extra 09 – VERSAO INEDITA
  26. Relatorio 22 – Relatorio do Agente – Extra 10 – VERSAO INEDITA
  27. Relatorio 23 – Relatorio do Agente – Extra 11 – VERSAO INEDITA
  28. Relatorio 24 – Relatos Esparsos – VERSAO INEDITA
  29. Relatorio 25 – Extra 12 – VERSAO INEDITA
  30. RELATORIO FILMES SUPER 8 – www.operacaoprato.com
  31. RELATORIO MEDICO – www.operacaoprato.com

Conheça este caso mais detalhadamente acessando nosso menu abaixo:


Morte na Ilha do Caranguejo 

O Caso da Ilha do Caranguejo é o marco inicial de uma onda de ações nocivas por parte de OVNIs, no Pará e Maranhão.


O Início do Fenômeno Chupa-Chupa

O misterioso fenômeno Chupa-Chupa começou de forma mais intensa em meados de julho de 1977.


A Fase Gurupi, do Fenômeno Chupa-chupa

Na Fase Gurupi, os casos concentram-se na região do Rio Gurupi, divisa entre Maranhão e Pará. São Vicente Ferrer, Pinheiro e São Bento concentraram a maioria dos casos.


O Fenômeno Chupa-Chupa e a fase da Baía do Sol

Com a evolução do Fenômeno, as coisas tornaram-se mais calmas no Maranhão e o foco das ocorrências passou a ser o Norte do Pará, na chamada Fase da Baía do Sol.


A Operação Prato

Com a intensificação dos casos, a Força Aérea Brasileira iniciou uma operação para investigar as estranhas ocorrências.


Coronel Uyrangê Hollanda, comandante da Operação Prato

Saiba mais sobre o Coronel Hollanda, comandante da Operação Prato.


Os Documentos Oficiais da Operação Prato

A Operação Prato, organizada pela Força Aérea Brasileira para investigar os casos agressivos envolvendo UFOs ao norte do Pará e Maranhão, gerou farta documentação. 


As Fotografias da Operação Prato

Conjunto de algumas das fotografias e frames de filmagens dos objetos envolvidos nos ataques.


Características e Padrões do Chupa-Chupa

Padrões e características notáveis envolvendo o Chupa-Chupa.


Depoimentos de Testemunhas do Chupa-Chupa

Conjunto de testemunhos envolvendo o Chupa-chupa.


Reportagens de Jornal

Coletânea de reportagens de jornais de época.


Entrevista com Daniel Rebisso Giese

Daniel Rebisso Giese – Boliviano de nascimento, é biomédico e funcionário do Governo do Pará, na área da saúde, o que lhe propiciou encontrar-se várias vezes, como profissional, com dezenas de testemunhas e vítimas de ocorrências ufológicas, algumas com quadros clínicos até graves. É autor do livro “Vampiros Extraterrestres na Amazônia” edição do próprio autor, Belém (PA) 1991. Conferencista e palestrante de inúmeros cursos e congressos de Ufologia, Daniel foi colaborador dos jornais O Estado do Paraná e Diário do Pará. Possui artigos publicados nas revistas UFO, Planeta, e Cuarta Dimension (Argentina).


Entrevista com a Dra. Wellaide Cescim de Carvalho

Wellaide Cecim Carvalho – médica sanitarista e diretora do Departamento de Programas Espaciais da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (PA), foi uma das raras profissionais da área de saúde a ter um contato direto com as vítimas de radiações emitidas por UFOs. Wellaide teve uma oportunidade ímpar durante sua permanência na Unidade Sanitária de Colares, quando assumia as responsabilidades de saúde da ilha.


Entrevista com o Coronel Uyrangê Hollanda

Uyrangê Bolívar Soares Nogueira de Hollanda Lima – Este é o nome do primeiro oficial de nossas forças armadas a vir a público falar sobre as atividades de pesquisas ufológicas desenvolvidas secretamente no Brasil. Com nome de guerra Hollanda, chegando à patente de coronel reformado da Força Aérea Brasileira (FAB), foi ele quem comandou a famosa e polêmica Operação Prato, realizada na Amazônia entre setembro e dezembro de 1977. Foi ele quem estruturou, organizou e colheu os espantosos resultados desse que foi o único projeto do gênero de que se têm notícias em nosso país.


Entrevista com o Jornalista Carlos Mendes

Carlos Mendes – Repórter do jornal O Liberal, de Belém, que cobriu o fenômeno Chupa-chupa.


Entrevista com o piloto Ubiratan Pinón Frias

Ubiratan Pinon Frias, piloto comercial e amigo de Hollanda. Participou da Operação Prato.


Os Anos Seguintes

Embora a grande onda ufológica relacionada ao chupa-chupa tenha ocorrido na segunda metade de 1977 e começo de 1978, inúmeros casos ocorreram após este período. Embora a Operação Prato tenha sido encerrada prematuramente, os militares continuaram investigando casos na região durante o ano seguinte. Além disso, inúmeros fatos posteriores chamam a atenção.


Filmes e Documentários sobre o Chupa-Chupa

Acesse aqui filmes e documentários sobre o Chupa-chupa e a Operação Prato


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.