Documentos da Marinha dos Estados Unidos Detalham Incidente

Por: Jackson Camargo Comentários: 0

O Governo dos Estados Unidos divulgou documentos, outora secretos, relatando dois OVNIs luminosos que sobrevoaram um navio de guerra armado com tecnologia anti-drone.


Neste artigo:


Introdução

O navio de assalto USS Kearsarge é o mais recente navio a ser relacionado com registros de UAPS, pela Marinha dos Estados Unidos. O investigador Kyle Warfel conseguiu a desclassificação de documentos sobre este incidente, que foram compartilhados com o The Sun Online.

Os arquivos altamente detalhados relatam uma “observação UAP” a partir do navio de guerra, inicialmente à bombordo (esquerdo) do navio, depois se moveram antes de um deles se afastar para o lado estibordo (direito) da proa do navio.

Mapas mostrando o encontro foram produzidos pela 22ª Unidade Expedicionária de Fuzileiros Navais, conforme incluído em uma apresentação em powerpoint.

Reconstituição do avistamento de de duas bolas de luz voando sobre o USS Kearsarge.

 

Ele também detalha como os OVNIs parecem ter sido observados por um Light Marine Air Defense Integrated System (LMADIS) – que foi posicionado na proa do navio. Este sistema foi projetado para identificar e oferecer soluções “soft kill” contra drones inimigos, mas a que parece o sistema foi ineficaz contra os UAPs.

Acredita-se que fotos e vídeos também façam parte dos documentos, mas todos foram censurados com enormes blocos pretos.

Os relatórios confirmam o incidente a bordo do USS Kearsarge em meio ao aprofundamento do mistério em torno do avistamento. Beaty disse ao The Sun Online quando ele originalmente tentou obter os documentos dos fuzileiros navais dos EUA, foi informado de que “não foram encontrados registros”. Foi somente quando Warfel apresentou seu próprio pedido de liberdade de informação que esses documentos vieram à tona.

Afirma-se também que uma filmagem foi feita pela tripulação a bordo do USS Kearsarge do estranho encontro – mas agora foi trancada e marcada como classificada.

Os dois objetos teriam espreitado perto do navio de assalto anfíbio de 40.500 toneladas por várias noites enquanto ele estava em um exercício de treinamento na costa leste dos EUA. Foram descritas como bolas luminosas estranhas e ameaçadoras e teriam se mantido a 800 metros atrás do navio e cerca de 60 metros acima do oceano.

Navio Especializado

O USS Kearsarge estava treinando na época antes de uma implantação no exterior – inclusive com sistemas projetados para derrubar drones inimigos. As armas incluíam mochilas anti-drone estilo “Caça-Fantasmas” e sistemas montados em veículos. Fotos da página pública do navio no Facebook revelam que eles tinham esses recursos a bordo no momento do suposto encontro.

Afirma-se que os objetos foram vistos pelo vigia do convés à noite, que não conseguiu obter o bloqueio de direcionamento térmico neles.

Os fuzileiros navais a bordo teriam acreditado a princípio que os objetos inexplicáveis ​​eram parte de um exercício de treinamento surpresa para as novas armas anti-drone.

No entanto, eles descobriram que as contramedidas não atrapalharam os objetos, que estavam fazendo manobras de mergulho enquanto seguiam o navio.

Um militar disse a Beaty que o USS Kearsarge transmitiu o comando por rádio sobre os objetos e foi informado de que os objetos “não eram nossos“.

O documentarista está agora tentando um estudo mais profundo no evento, que é o último incidente de OVNI relatado como tendo sido registrado pela Marinha dos Estados Unidos.

Beaty revelou anteriormente registros do convés que confirmaram um encontro de OVNIs pelo USS Kidd – quando o destróier deparou-se com pelo menos quatro objetos inexplicáveis ​​em Julho de 2019.

E houve uma mudança radical nos últimos anos, após um trio infame de vídeos de OVNIs da Marinha dos EUA, o “Gimbal”, “Go Fast” e “Tic Tac”. As filmagens surpreenderam o mundo e permanecem inexplicáveis, despertando um novo interesse popular em torno do tema.

Autoridades dos EUA agora estabeleceram um novo escritório no Pentágono – colocando uma estrutura oficial de relatórios para encontros com OVNIs pela primeira vez em décadas.

Ele veio depois que um relatório histórico sobre o assunto foi divulgado no verão passado – confirmando dezenas de encontros inexplicáveis, agora mais comumente chamados de Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPs).

Membros da defesa, oficiais de inteligência, senadores e ex-presidentes foram todos registrados admitindo que há algo inexplicável nos céus. Ele acrescentou que o estigma em torno de relatar esses eventos estranhos agora está se desfazendo. O documentarista também pediu maior transparência dos militares sobre o tema.

E isso acontece depois que os congressistas realizaram uma audiência histórica sobre o assunto pela primeira vez em 50 anos no Capitólio. No evento, chefes de inteligência dos EUA admitiram que há objetos no céu que não podem ser explicados – com 400 avistamentos e 11 quase acidentes.

Os documentos mostram os UAPs no lado esquerdo do navio

 

Os dois objetos se dividiram, posicionando-se nas laterais do USS Kearsarge

 

Documentos fortemente redigidos confirmam que o encontro UFO ocorreu

 

 

Fotos dos OVNIs foram removidas dos documentos divulgados via FOI

 

 

Com informações de:


  1. https://www.the-sun.com/news/5441601/us-secret-documents-ufos-ball-of-light/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.