Marinha dos EUA Libera Por Acidente Relatórios Sobre OVNIs

Por: Fenomenum Comentários: 0

A Marinha dos EUA acidentalmente liberou arquivos de OVNIs não editados, revelando objetos zumbindo sobre navios de guerra. Após perceber o erro, retirou os documentos da Internet.


Neste artigo

  1. Introdução
  2. Vários objetos
  3. Fonte

Introdução

 

Mais de 60 páginas sobre os encontros foram carregadas pelos militares da Marinha dos Estados Unidos com o nome de arquivo “edição proposta” – sugerindo que tais documentos, inalterados, não foram feitos para divulgação pública.

Nomes e detalhes de contato dos envolvidos constavam nos documentos que parecem estar em uma caixa em vermelho para serem posteriormente censurados do arquivo.

Estes documentos revelam encontros com objetos desconhecidos voando sobre seis navios de guerra de Março a Julho de 2019 – algo que alimentou o debate sobre OVNIs em Washington D.C.

O USS Zumwalt, uma das embarcações da Marinha dos Estados Unidos, citada nos documentos. [Créditos the Sun]

Os OVNIs – agora denominados como Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPs) – saíram das sombras para um grande debate de segurança nacional no país.

Os arquivos destacam avistamentos de objetos desconhecidos, ou verdadeiramente inexplicáveis , que deixam vários questionamentos.

USS Russell relatou avistar objetos piscando voando nas proximidades da Califórnia. [Créditos the Sun]

Naves misteriosas são descritas como fazendo aproximações “perigosas” para navios dos EUA e chegando a apenas 500 pés (150 metros) deles, parecendo circular as embarcações sem qualquer tipo de comunicação. Alguns deles chegaram a sobrevoar os navios.

E não há menção, nestes documentos, de que tais navios de guerra tenham disparando contra estes objetos, apesar de sua proximidade com eles.

Foto mostrando um dos objetos voando perto do USS Harpers Ferry em 30 de março de 2019 [Créditos the Sun]

Os documentos sugerem que alguns delem podem ser drones provavelmente para espionagem e coleta de dados.

Depois que os arquivos foram carregados acidentalmente no início desta semana, foram excluídos pela Marinha dos EUA e agora links de sites que levavam aos documentos agora redirecionam para a página inicial do serviço.

Luzes no céu vistas pelo USS Zumwalt enquanto era zumbido por seis objetos. [Créditos the Sun]

Vários objetos

Em um dos encontros mais marcantes, o USS Bunker Hill rastreou 11 drones não identificados. Os objetos – descritos como “estilo quadricóptero” – variavam em atitude de 1.400 pés (426 metros) a impressionantes 21.000 pés (6.400 metros).

Os mapas publicados nos arquivos mostram OVNIs circulando o navio de guerra por volta das 4h às 18h.

USS Harpers Ferry avistou objetos que fizeram várias abordagens ‘perigosas’. [Créditos the Sun]

Na área estava o graneleiro de bandeira de Hong Kong M/V Bass Strait – que o navio dos EUA tentou entrar em contato, mas não recebeu resposta.

Suspeita-se que alguns dos incidentes possam ter sido tentativas de espionar navios de guerra dos EUA, como um envolvido no USS Paul Hamilton. O destróier estava navegando para Long Beach quando avistou três objetos sobrevoando – mais uma vez com o M/V Bass Strait à espreita na área.

Foto mostrando um objeto visto pelo USS Ralph Johnson que fez uma abordagem ‘segura e profissional’ dentro de 7.300 metros. [Créditos the Sun]

O USS Harpers Ferry – um navio de desembarque – foi ameaçado por oito objetos desconhecidos, com três deles voando sobre o navio a cerca de 500 pés (150 metros).

Fotos incluídas nos documentos mostram um dos objetos no céu, enquanto um mapa mostra a nave sobrevoando o passadiço do navio.

USS Paul Hamilton viu vários drones voando a 182 metros de sua proa. [Créditos the Sun]

Estas aparições criaram uma “situação perigosa“, de acordo com o comandante do navio durante o encontro das 5h10 às 6h23.

Em outro evento, observou-se seis objetos voando em um “padrão consistente” em um evento que durou uma hora e 25 minutos sobre o USS Zumwalt. O USS Zumwalt é um dos destróieres mais avançados da Marinha dos EUA, conhecido por seu design elegante e furtivo. Os marinheiros observaram luzes vermelhas e verdes piscando perto do navio e, a certa altura, um dos objetos se lançou em voo.

Mistério envolve o graneleiro M/V Bass Strait, que estava ligado a dois encontros. [Créditos the Sun]

Também estão incluídas fotos de formas triangulares verdes vistas voando sobre o USS Russell. O contratorpedeiro avistou luzes “verdes, brancas e vermelhas” no céu – com três drones avistados. O USS Russell mudou de rumo para perseguir os aparelhos – mas acabou perdendo os objetos de vista.

Uma embarcação desconhecida descrita como uma “nave de recreio” foi identificada nas proximidades, mas não respondeu às tentativas de comunicação.

No mês passado, parlamentares dos EUA interrogaram chefes de inteligência sobre os encontros, pois eles confessaram no ano passado que investigaram 400 avistamentos e 11 quase acidentes. Foi a primeira audiência desse tipo em 20 anos. Os chefes da inteligência tentaram explicar como é difícil rastrear esses objetos e mostraram aos congressistas dois vídeos.

E embora eles não tenham mencionado alienígenas, eles admitiram que existem alguns dos 400 encontros que eles têm em seus livros que são verdadeiramente inexplicáveis.

Fotos dos triângulos verdes foram mostradas – e afirmou-se que seriam drones desconhecidos rastreados pela Marinha dos EUA e originando-se de um relatório histórico do Pentágono em 2021, após o vazamento de três vídeos mostrando encontros da Marinha dos EUA com objetos inexplicáveis.

Os OVNIs estão agora sendo discutidos por ex-funcionários de inteligência, ex-militares, legisladores, NASA e até ex-presidente Barack Obama e Bill Clinton.

A NASA até revelou seu próprio plano para estudar OVNIs – mas permaneceu claro que não estava explicitamente conectando-o a alienígenas.

Embora não esteja claro o que o fenômeno realmente é, parece que há algo nos céus que não pode ser explicado.

Slides incluídos no pacote de documentos detalhando os encontros – como este com o USS Zumwalt. [Créditos the Sun]
USS Harpers Ferry foi atingido por oito objetos desconhecidos. [Créditos the Sun]

 

USS Bunker Hill foi um dos encontros ligados ao M/V Bass Strait. [Créditos the Sun]

Com informações de:


  1. https://www.the-sun.com/news/5663594/us-navy-ufo-files-drones/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.