OVNI bloqueia pouso de aeronave em Moscou

Por: Jackson Camargo Comentários: 0

Uma aeronave da companhia russa Pobeda, que se preparava para pousar em Moscou, precisou abordar o pouso devido à presença de um OVNI


Neste artigo


Introdução

O avião que voava de Perm para o aeroporto de Vnukovo, em Moscou, foi bloqueado por um objeto voador não identificado que cruzou sobre a pista do Aeroporto Internacional de Vnukovo, em Moscou. De acordo com o canal  Aviaincedent Telegram, o caso teria ocorrido em 21 de agosto de 2022, por volta de 23h26 (horário local).

Aeronave Boieng 737-800, da Pobeda Airlines, semelhante ao envolvido no incidente em 21 de agosto.

 

O avião, um boeing 737-800, da companhia russa Pobeda Airlines, se preparava para pouso na pista 06, quando o TCAS (um aparelho que previne colisões contra outros objetos aéreos), foi acionado. O alvo cruzou a pista ativa da direita para a esquerda em alta velocidade.

Rapidamente surgiram questionamentos sobre o episódio. Embora o serviço de imprensa de Vnukovo  não tenha se declarado a respeito, o aeroporto Bolshoe Savino, de Perm, local de partida do voo, emitiu nota para o periódico URA.RU que esses casos ocorrem regularmente e, como regra, não levam a incidentes graves. Já a companhia aérea disse que a tripulação não fez relatórios a respeito do incidente.

Recentemente, a tripulação de um avião da Aeroflot voando de Istambul para Moscou informou sobre um encontro com um objeto voador não identificado. Os pilotos notaram um OVNI na noite de 13 de agosto no céu sobre a região de Samara. O comandante disse que um objeto de forma triangular regular estava se movendo em direção à aeronave, que estava equipada na frente com uma luz estroboscópica branca, uma luz verde à esquerda e uma luz vermelha à direita.

Anteriormente, um instituto de pesquisa japonês privado em Fukushima analisou 450 avistamentos de OVNIs. Entre as muitas fotografias e vídeos, os pesquisadores selecionaram quatro evidências que poderiam ser OVNIs com alto grau de probabilidade. Cientistas russos também estão estudando a aparência de objetos voadores não identificados no céu. Isso foi anunciado recentemente pelo ex-chefe da Roscosmos Dmitry Rogozin. Segundo ele, a maioria desses fatos está relacionada a fenômenos atmosféricos ou físicos, mas há uma pequena probabilidade de outras versões de sua aparência. E nos EUA, o Pentágono criou um serviço especial que monitora os OVNIs e descobre sua natureza. Representantes deste departamento estão analisando os relatórios de pilotos militares, oficiais de inteligência sobre uma reunião com discos voadores.

 

Com informações de:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 4 =