Piloto comercial relata OVNI voando a Mach 30

Por: Fenomenum Comentários: 0

Um piloto comercial declara: “já vi OVNIs desafiando toda a tecnologia conhecida e capturei um objeto em forma de charuto na câmera”.


Neste artigo:


Introdução

O holandês Christiaan van Heijst é piloto comercial, com 9.500 horas de voo, sendo 6.00 delas em Boeing 747. Com 20 de carreira, foi campeão de acrobacias aéreas e é fotógrafo premiado. E foi ao longo de sua atividade profissional que ele testemunhou a aparição de vários OVNIs, alguns dos quais desafiando as leis conhecidas da Física.

E com ex-pilotos militares dos EUA se apresentando para relatar suas próprias experiências inexplicáveis, isso despertou o interesse de Christiaan. Em entrevista ao The Sun, ele descreveu esses encontros e suas estranhezas.

Percebi que o que eles estavam descrevendo era muito semelhante a algumas das coisas estranhas que eu tinha visto anos antes”, disse o piloto ao The Sun Online.

Eu sempre pensei que eram ‘coisas militares’ que eu vi, mas agora talvez seja algo completamente diferente que surpreendeu até mesmo alguns dos melhores pilotos militares americanos“.

O piloto comercial Christiaan van Heijst tem cerca de 9.500 horas de voo.

 

 

Christiaan van Heijst explicou que testemunhou objetos que pareciam superar toda a tecnologia conhecida, pois pareciam atingir velocidades hipersônicas de até 23.000 mph.

E embora ele diga que cerca de 99% das coisas estranhas que vê no céu podem ser descartadas, ainda há um “punhado” de avistamentos que para ele desafiam a explicação. Ele destacou que, como piloto, é treinado para detectar coisas no céu – seu principal objetivo ao voar é manter seu avião seguro.

Se vejo algo que me chama a atenção, imediatamente quero saber se é outra aeronave, algo relacionado ao clima, militar ou outro que possa prejudicar meu voo. Todo o resto é secundário”, disse ele ao The Sun Online.

É também por isso que os pilotos de avião são ‘observadores treinados’ credíveis: não procuramos UAPs, avaliamos tudo o que vemos com base no nosso amplo conhecimento de observações aéreas, na nossa experiência meteorológica e perguntamos se algo tem influência direta na nossa trajetória de voo ou avião.

Um de seus avistamentos mais fascinantes e bizarros foi sobre a Grécia quando ele voou perto do porta-aviões USS Theodore Roosevelt e seu grupo de ataque. Ele estava pilotando um Fokker 50 na época e viu uma luz brilhante aparecer em uma altitude extremamente alta – viajando a uma velocidade aproximada de até Mach 30 (23.000 mph).

O navio de guerra da Marinha dos EUA USS Theodore Roosevelt estava na área quando o OVNI apareceu perto da GréciaCrédito: AFP.

 

 

Nenhuma física conhecida pode descrever o que essa luz/coisa fez, até onde eu sei. Ela não deixou rastros nem nada, apenas velocidade instantânea e puf… sumiu”, disse Christiaan.

Não está claro se seu avistamento estava relacionado ao porta-aviões movido a energia nuclear na parte inferior, que estava voando em missões relacionadas à guerra do Iraque em setembro de 2005.

Outros encontros inexplicados incluem uma luz cadente movendo-se “muito rápido” enquanto mergulhava em direção ao solo – sem nenhuma informação sobre o objeto do controle de tráfego aéreo em julho de 2005, quando sobrevoava a Alemanha.

Em outro episódio, a bordo de um Boeing 737, ele avistou uma bola de luz branca voando sobre o Mar Adriático em fevereiro de 2009. A luz caiu em direção ao mar antes de desaparecer abaixo da superfície sem respingar.

Christiaan também compartilhou com o The Sun Online o que parece ser um objeto em forma de charuto que ele fotografou em janeiro de 2010 – seu encontro com o objeto durou mais de uma hora. Ele estava voando de Amsterdã para Málaga a 41.000 pés quando avistaram a forma cerca de 100 milhas náuticas à frente deles. Consultado, o controle de tráfego aéreo disse a eles que não havia outros aviões na área.

Segundo o piloto, o objeto parecia grande e estacionário, suspenso no céu e bloqueando parte do sol. Ele estava voando muito mais alto do que o tráfego aéreo comercial e o controle de tráfego aéreo militar negou qualquer atividade na área.

Christiaan tirou uma foto que, depois de aprimorada por um sistema de IA, parece mostrar uma forma negra suspensa no céu. A foto está sendo analisada pela IPACO, que é liderada pelo grupo de investigação de OVNIs da agência espacial francesa GEIPAN.

O registro de um objeto estranho que ele avistou na costa da Espanha.

 

 

Christiaan não tem uma teoria sobre o que esses objetos poderiam ser – mas ele espera que um dia haja uma explicação. E ele espera que o estigma em torno da conversa sobre OVNIs continue a desmoronar.

Mesmo explicações racionais para alguns dos avistamentos podem ajudar outros pilotos a identificar coisas espetaculares, mas mundanas, que veem de cima”, disse o piloto ao The Sun Online.

Podemos realmente tropeçar em um fenômeno atmosférico raro e novo, mas a única maneira de ter certeza é coletar dados e analisá-los sem viés”.

Christiaan disse que tinha o hábito de “desconsiderar” suas próprias observações – temendo que fossem “muito exageradas para que eu as considerasse seriamente“.

De vez em quando o assunto surge entre colegas, embora raramente eu mesmo inicie a conversa”, disse ele. “Alguns dos meus colegas viram coisas realmente incríveis em suas carreiras, mas só as discutiram comigo quando sentiram que não seriam [ridículas]“.

Ele continuou: “Pessoalmente, não tenho medo de falar sobre esse assunto porque tento evitar especular sobre as origens ou a natureza do que pode ser. Só quero saber o que testemunhei e se há alguma preocupação com a segurança do meu voo.”

Christiaan acrescentou: “Foi até algum lugar em 1800 que a ideia de ‘rochas caindo do céu’ era considerada
absurda e o reino da fantasia, agora são comumente referidos como meteoritos e fazem parte da natureza. Livrar-se do estigma é um processo que leva tempo, mas estamos chegando lá. Passo a passo.

Ele pediu às agências de aviação e segurança de todo o mundo que continuem coletando dados sobre o fenômeno – e acrescentou que estava feliz que a discussão estivesse se abrindo nos Estados Unidos.

Duvido que algum dia ouviremos de todas as agências militares e de inteligência dos EUA sabendo disso por causa de óbvias preocupações de segurança nacional“, disse Christiaan ao Sun Online. “Mas acredito que uma aceitação geral do assunto acabará por criar um efeito de bola de neve que pode resultar em alguma forma de divulgação ou compreensão.

Eles são alienígenas ou algum tipo de conspiração global? Christiaan diz que é uma “armadilha tentadora” para cair – mas ele simplesmente pediu uma investigação mais aprofundada.

Ele acrescentou: “Somente coletando dados podemos começar a analisar tudo o que está acontecendo. Nós apenas temos que manter a mente aberta para o ‘um por cento’ que é genuinamente desconhecido, seja quem for. Mal posso esperar para descobrir o que vi.

Os legisladores dos EUA abriram uma nova investigação no Pentágono após uma impressionante série de vídeos vazados que mostraram encontros militares com OVNIs, como o infame “Tic Tac”.

Isso marcou uma reviravolta incrível depois que o governo rejeitou os OVNIs no final do Projeto Blue Book na década de 1960.

O debate que por décadas foi considerado um tema marginal e prejudicial agora é falado abertamente por figuras de alto nível, incluindo o ex-presidente Bill Clinton e Barack Obama.

 

 

Com informações de:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 1 =